24/03/2009

Extradição - A decisão final é do STF, afirma Gilmar Mendes

Ao participar de sabatina do jornal Folha de S.Paulo, o ministro Gilmar Mendes, presidente do Supremo Tribunal Federal (STF), afirmou que, se o STF decidir pela extradição do ex-ativista italiano Cesare Battisti, o governo terá que cumprir a decisão. "Se houver a extradição, ela será compulsória, e o presidente (Luiz Inácio Lula da Silva), o Executivo, deverá executá-la", disse o ministro.


Cesare Battisti foi condenado pela Itália à prisão perpétua por ter cometido quatro assassinatos, quando militava em grupo de extrema esquerda. O italiano continua preso preventivamente no Brasil desde março de 2007. Em janeiro deste ano, o ministro da Justiça, Tarso Genro, concedeu a Battisti a condição de refugiado político.

Um comentário:

Anonymous disse...

Gilmar, sempre Gilmar...

Postar um comentário

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.

Newsletter:

Escreva seu email abaixo: